Janeiro de Grandes Espetáculos | Casarão de Ideias
Pages Navigation Menu

Janeiro de Grandes Espetáculos

Janeiro de Grandes Espetáculos


Denni Sales

Em sua décima sétima edição, o  Janeiro de Grandes Espetáculos consolida-se como um dos mais importantes eventos das artes cênicas de Pernambuco, sendo também um evento de porte internacional, destacando-se pela diversidade e extensa programação. 

O Festival acontece anualmente durante três semanas do mês de janeiro, em vários teatros do Recife, estendendo-se a Olinda e Caruaru, oferecendo também oficinas. Nesta edição, participaram nomes como José Pimentel (PE), Eberto García Abreu (Cuba), Claudio Medeiros (Doutor em Teatro pela Universidade da Califórnia), Luciano Alabarse (diretor do Festival Porto Alegre em Cena) e o Italiano Damiano Massaccesi, entre outros.

Todo ano, fazem parte da programação as mais significativas produções de teatro e dança pernambucanas, além de shows musicais e espetáculos de outras regiões do Brasil e do Exterior. Em 2011 estiveram presentes montagens de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Distrito Federal e também atrações internacionais integrando a I Mostra Iberoamericana de Artes Cênicas, destacando espetáculos vindos da Argentina, Uruguai e Cuba, além de convidados da Espanha, Portugal e Itália.

A movimentação nos teatros é bastante intensa e concorrida, o público comparece e até cria protestos quando não consegue entrar. Os ingressos possuem valores populares e são comprados na hora ou previamente, e quase sempre esgotam antes do inicio do espetáculo.

No meio dessa intensa e arrebatadora movimentação das artes cênicas concretizando-se num cenário propício para trocas, aprendizado, difusão e divulgação das mais variadas artes (com qualidade) este “amazonense” que vos escreve lamenta a não participação do espetáculo amazonense (Flicts) que viria a integrar a programação do JGE e até chegou a ser divulgado nos jornais locais de Manaus e do Recife.

A produção manauara que estaria ocupando o centenário Teatro de Santa Isabel, esbarrou na falta de apoio dos órgãos públicos para as passagens o que é extremamente lamentável visto que a oportunidade de divulgar uma parte da cena teatral de Manaus, num evento onde vários produtores importantes do Brasil e de outros países se fazem presentes, traria ganhos significativos, vale ressaltar também a importância dos órgãos públicos estarem antenados além do seu próprio quintal, os ganhos são para todos, indubitavelmente.

O evento não abre inscrições para espetáculos de outros estados, mas qualquer artista pode mandar material para a produção analisar. Os organizadores circulam por todo o Brasil acompanhando os principais festivais para possíveis convites

O teatro em Manaus começa e termina em si próprio, se auto vangloria e se auto aniquila visto que poucos conseguem divulgar sua arte e fazê-la circular em outros cenários, lembrando que é fundamental para qualquer artista a troca e divulgação de seu trabalho, pois somente assim é possível ter parâmetros, construir, analisar, crescer etc.
Contra a mediocridade e a estagnação é preciso lutar pela circulação!!!!!


Denni Sales é ator, diretor, dramaturgo e performer.

Leia também:

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *