Núcleo de Artes Cênicas entra em circuito | Casarão de Ideias
Pages Navigation Menu

Núcleo de Artes Cênicas entra em circuito

Núcleo de Artes Cênicas entra em circuito

Vou tirar proveito desse espaço – e da liberade que tenho nele – para divulgar que acaba de ser criado um núcleo de artes de cênicas em Manaus. A ideia partiu do Coletivo Difusão, onde o grupo se encontrará todas as quintas-feiras, às 19h. O propósito debatido na reunião de fundação é formar um grupo fixo – ainda não estabelecido – e outro de agregados. Juro que a ideia de pautar a criação do núcleo no blog tem fins maiores que a mera divulgação. Eu explico por quê.

A reunião de fundação, ocorrida em 23/12, teve a presença de Léo Carnevale (RJ) e Márcio Silveira (RS), que norteou um pouco as diretrizes do núcleo em suas primeiras atividades. O que se percebe ao misturar tudo o que foi deliberado e discutido é que o núcleo vem movimentar um pouco o que resta de articulação política no Estado no âmbito das artes cênicas. E essa é uma cobrança nacional e, mais ainda, regional. A reclamação é grande quando se discute articulação e organização política (em todos os sentidos) dos grupos e artistas em Manaus.

O núcleo a partir de agora contrabalanceia um pouco as discussões do Palco Fora do Eixo, segmento cênico do Circuito Fora do Eixo (CFE), do qual o Coletivo Difusão faz parte. O Palco é um projeto nacional que quer potencializar e agregar os artistas e grupos independentes do Brasil, fomentando novos modos e processos de criação artística contemporânea. A ideia é que o núcleo absorva os aspectos ideológicos da rede CFE, trazendo para a organização e discussão cênica manauara aspectos da economia solidária e da cadeia produtiva. Esta é a forma de organização que tem pautado nacionalmente as políticas culturais no âmbito federal. E provavelmente é a política que seguirá nos próximos quatro anos.

Mas, eu penso, de nada adianta agregar o Amazonas a uma rede nacional de discussão e valorização das manifestações cênicas se a articulação local é falha. A cena local cresce quando se imagina o teatro em termos de um circuito, que só funciona a partir do pensamento ecossistêmico de que não estamos sozinhos e que a única forma de fortalecimento é se inserir como ponto numa enorme teia. E, de certa maneira, esse é o pensamento que prevalece na juventude de diversos segmentos.

Enfim, a quem interessar, algumas atividades do núcleo já foram planejadas em parceria com o Grupo Teatral Manjericão (RS), que passa o Natal em Manaus em virtude do projeto Banzeirando. Dias 27, 28 e 29 de dezembro o grupo ministra uma oficina de teatro de rua, de 14h às 17h, no Sinttel (Alexandre Amorim, 392, Aparecida). É de graça.

P.S.: Feliz Natal!

Clayton Nobre é ator e jornalista

Leia também:

4 Comentários

  1. Clayton Nobre e demais agitadores teatrais do Norte!

    Escrevo rapidamente para ressaltar a importância da criação deste núcleo, mediada pelo Coletivo Difusão a no Norte, para o Palco Fora do Eixo.

    O Circuito Fora do Eixo, nesse ano de 2010, abriu as portas para o diálogo entre as artes, repensando e sua própria estrutura organizacional para poder contemplar e desenvolver cada vez mais, não só a rede, mas como a cultura no Brasil.

    Fico extremamente empolgada com esse passo que, para mim, mostra a iniciativa e aposta em novas idéias por parte do Coletivo Difusão.

    Estamos num processo de construção colaborativo do Palco Fora do Eixo em que a presença e participação ativa de articulação de todos é fundamental e acredito que, ressaltando sua fala, a rede só funciona por meio da horizontalidade da comunicação, da troca e da colaboração simultânea.

    Meus mais sinceros votos de articulação para mantermos cada vez mais as cenas teatrais de nossas localidades VIVAS e, conseqüentemente, de mãos dadas por meio da rede!
    Para quem quiser se informar mais sobre o Palco Fora do Eixo segue o blog:
    http://www.foradoeixo.org.br/palcoforadoeixo

    Saravá!

    Cláudia Schulz
    Gestora Nacional do Palco Fora do Eixo
    claudiaxulz1@gmail.com

  2. Sensacional Gente.
    Muito bom saber da iniciativa que o pessoal ta tomando no Norte também.

    As palavras foram muito bem medidas e coerentes.
    Faço do comentario da Claudia meu tambem…

    “Meus mais sinceros votos de articulação para mantermos cada vez mais as cenas teatrais de nossas localidades VIVAS e, conseqüentemente, de mãos dadas por meio da rede!”

    #Tamujunto

    Artur Faleiros
    enxamecoletivo.org
    Comunicação Palco Fora do Eixo.
    enxame.pfe@gmail.com

  3. Muito obrigado pelos comentários. Podem contar conosco para manter o Teatro sempre vivo e sempre respirando ares novos. Toda iniciativa que promova a cultura é de nosso apoio.

  4. E viva o Norte!

    Vamos que vamos! Tamojuntodemais!

    Abraços de cá!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *