Pages Navigation Menu

Oficina de teatro analisa obra de Martins Pena e apresenta jogos e possibilidades que podem auxiliar no processo de encenação

Oficina de teatro analisa obra de Martins Pena e apresenta jogos e possibilidades que podem auxiliar no processo de encenação

A atriz, diretora de teatro e produtora cultural Ana Cláudia Motta realiza nos dias 15 e 26 de agosto, a oficina teatral “Martins Pena e a Comédia de Costumes, Analisando o Texto: ‘Quem Casa Quer Casa’ – Jogos e Possibilidades para o Processo de Encenação”. A iniciativa é voltada à população em geral, em especial apreciadores das Artes Cênicas, e será desenvolvida sempre no horário das 18h às 22h, no anexo do Casarão de Ideias, localizado na rua Monsenhor Coutinho, 275, Centro.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 19 de agosto no próprio Casarão de Ideias ou ligando para (92) 3633-4008. São oferecidas 25 vagas em ambos os dias de curso. Ao final, será expedido um certificado pela Associação ArtBrasil, aos interessados, com carga-horária de 4h de atividades pedagógicas.

A oficina é resultado dos estudos, análises e experimentos realizados durante o processo de montagem do texto “Quem casa quer casa”, do dramaturgo Martins Pena (1815-1848) e pretende propor possibilidades de construção cênica, por meio do texto e de jogos que traduzam as ideias do autor em cenas. A peça retrata a vida de uma família onde os filhos se casam e permanecem morando com os pais.

“É uma das obras mais divertidas e características da comédia de costumes, o texto ‘Quem Casa Quer Casa’ traduz, em essência, a sociedade da metade do século 19, satirizando costumes, apontado vícios, criticando posturas. Apesar de ter sido escrito em 1845, é absurdamente atual e pode, tranquilamente, ser utilizado como nesta montagem, para refletir sobre problemas ainda atuais na sociedade contemporânea”, declarou Ana Cláudia.

Ainda de acordo com a artista, a comédia de costumes é um gênero dramático que retrata o comportamento do homem em sociedade, considerando as diferenças de classe, meio e caráter. A obra de Martins Pena é considerada um retrato da sociedade da brasileira da metade do século 19.

“O conhecimento do repertório de um grande dramaturgo como Martins Pena é, com certeza, necessário e extremamente importante para qualquer pessoa que vislumbre a possibilidade de seguir carreira na área de teatro. Para quem pretende montar um trabalho neste gênero [comédia de costumes] torna-se obrigatório conhecer Martins Pena. Afinal, ele não é só fundador desse gênero, é a grande escola”, opinou Ana Cláudia Motta.

A oficina foi contemplada com o edital Conexões Culturais 2015, na Categoria Produção, da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). A realização é da Associação ArtBrasil  e conta com apoio cultural do Casarão de Ideias.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………

ASSOCIAÇÃO ARTBRASIL

É uma associação de artistas, sem fins lucrativos, fundada em 2001, com objetivo de promover a arte e a cultura, desenvolvendo atividades de dramaturgia, produção, estudo e pesquisa na área das artes – Teatro, Dança, Música, Circo, Folclore, Cinema, Artes Plásticas, entre outras. A associação já teve projetos contemplados em editais nacionais, estaduais e municipais, além de ter projetos premiados em festivais de teatro.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………

ANA CLÁUDIA MOTTA

É uma atriz e diretora premiada com trabalhos diversos em Teatro, TV e Cinema, tendo seu talento reconhecido dentro e fora do estado do Amazonas. Participou de trabalhos na Rede Globo de Televisão e outros projetos que culminaram com prêmios de melhor atriz e diretora de teatro. Tem em seu currículo mais de 20 espetáculos de teatro, programas de TV, filmes, minisséries, novelas de TV e rádio e cinco espetáculos como diretora de teatro, sendo que desses, dois receberam o prêmio de Melhor Direção Teatral.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………

PRÊMIOS EM FESTIVAIS

MELHOR DIREÇÃO COM O ESPETÁCULO “A PRINCESA E A LUA”;

MELHOR DIREÇÃO COM O ESPETÁCULO “O CAVALEIRO DA ARMADURA DE SOL”;

PRÊMIO DE PESQUISA DE LINGUAGEM CÊNICA COM O ESPETÁCULO “O CAVALEIRO DA ARMADURA DE SOL”;

MELHOR ATRIZ ESPETÁCULO “BOI DE PANO”;

PRÊMIO DE PESQUISA DE LINGUAGEM CÊNICA E QUALIDADE ARTÍSTICO/PEDAGÓGICA COM O ESPETÁCULO “A CARROÇA DE PANDORA DO LARGO DE SABÁ TIÃO”

MELHOR CENÁRIO COM O ESPETÁCULO “A CARROÇA DE PANDORA DO LARGO DE SABÁ TIÃO”;

“MELHOR ESPETÁCULO O CAVALEIRO DA ARMADURA DE SOL”

…………………………………………………………………………………………………….

TRABALHOS COMO ATRIZ NO CINEMA/TV

“A TURMA DO DIDI” – REDE GLOBO RJ;

FILME – “ENCONTRO COM O PASSADO” – REDE AMAZÔNICA/ REDE GLOBO AFILIADAS;

FILME – “NAS ASAS DO CONDOR” – OLHAJÁ FILMES;

NOVELA SEBRAE/AM – “DENTRO DE MIM MORA UM SONHO” – SAMBATANGO FILMES;

FILME/MINISSÉRIE – “AUTO DO BOI BUMBÁ” – REDE AMAZÔNICA;

WEBSSÉRIE – “LARGO DE SÃO SEBASTIÃO” –  601 FILMES;

SÉRIE/DOCUMENTÁRIO – “PLANTÃO DA IMAGINAÇÃO” – OLHAJÁ FILMES;

FILME – “PERTURBANDO A CIDADE” – DENNI SALES;

PROGRAMA HUMORÍSTICO – “BAR BARÉ” – TV RECORD MANAUS

…………………………………………………………………………………………………….

TRABALHOS COMO DIRETORA DE TEATRO

“Quem casa quer casa”- Martins Pena – Direção Ana Cláudia Motta – Atual;

“O Cavaleiro da Armadura de Sol” – Direção Ana Cláudia Motta – Prêmio  Melhor Direção Teatral, Melhor Ator, Melhor Espetáculo no Festival de Teatro da Amazônia;

“A Princesa e a Lua”– Direção Ana Cláudia Motta. Prêmio Melhor Direção Festival de Teatro da Amazônia;

“As Desventuras de Dona Furustreca” – Direção Ana Cláudia Motta;

“A Fantástica História do Rei Midas”– Direção Ana Cláudia Motta;

…………………………………………………………………………………………………….

PRINCIPAIS TRABALHOS COMO ATRIZ DE TEATRO

Boi de Pano” – Direção Chico Cardoso – Grupo Origem

“A Mais Forte” – Direção Aurora de Moura – Associação ArtBrasil

“Amanda Catalatas” – Direção Gerson Albano – Associação ArtBrasil

“O Combate Mortal do Cavalo Robô e a Mulher que Veio com o Tempo” – Direção Luiz Vitalli e Francisco Carlos – Cia Pombal Arte Espaço Alternativo

“Flicts – O Musical” – Chico Cardoso – Cia Apareceu a Margarida

“Os Hipócritas” – Michel Guerrero – Cia Apareceu a Margarida

…………………………………………………………………………………………………………………………..
Indicação de entrevistado
(92) 9-8116-7098 – João Fernandes, gestor do Casarão de Ideias

(92) 9-9142-0142 – Ana Cláudia Motta, atriz e realizadora da oficina

Espetáculo O Cavaleiro da Armadura de Sol

Espetáculo O Cavaleiro da Armadura de Sol

Leia também:

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *