Oficinas artísticas no MOVA-SE | Casarão de Ideias
Pages Navigation Menu

Oficinas artísticas no MOVA-SE

Oficinas artísticas no MOVA-SE

O Festival Mova-se: Solos, Duos e Trios, que será realizado de 26 a 30 de junho, nos teatros Amazonas e da Instalação, contará com uma programação paralela dedicada para profissionais e crianças, além das apresentações de espetáculos diariamente. As inscrições já estão abertas e seguem até sexta-feira, dia 21.

A primeira oficina será com a bailarina Sônia Destri do Rio de Janeiro e tem como tema “Danças Urbanas”. Ao todo, 50 pessoas poderão conferir um trabalho minucioso de pesquisa das raízes culturais brasileiras e colocando este material em diálogo com as tendências contemporâneas da dança urbana, produzindo assim um material cênico e coreográfico riquíssimo e de uma potência avassaladora.

Os espetáculos da Cia. Urbana de Dança, dirigida por Sônia, trazem as identidades de seus bailarinos, suas referências e atitudes, um sotaque carioca, brasileiro e afro descendente, ao mesmo tempo traduzível ao mundo, inserindo-se afirmativamente no que há de mais contemporâneo em dança urbana. Colocam em destaque os talentos de jovens brasileiros negros e pobres na modernidade, em uma postura afirmativa e pluralista. O público alvo são bailarinos, estudantes de dança e coreógrafos.

‘Cores e formas’

A segunda oficina será conduzida pela bailarina Miriam Druwe. O tema “Sobre cores e formas” tem como objetivo mostrar como a dança contemporânea mobiliza afetos e pensamentos, motivando experiências artísticas e educativas. Apesar da sua versatilidade para configurar estados e modos de vida, nem sempre produz efeitos que resultem em uma identificação plena entre o público e a obra.
A questão exposta é relevante porque está no horizonte de um pensamento sobre o desejável e o possível. Trata-se de tornar a experiência artística relevante. O desafio é tentar elucidar em que medida a fruição da arte pode, por si, ser compreendida enquanto atividade pedagógica. A partir daí, investir na formação de espectadores objetivando uma intervenção reflexiva nos modos de estar e atuar culturais dos participantes dessas experiências.
A oficina é toda voltada para as obras do Kandinsky (são mostradas obras, tecidos coloridos), cores e formas na composição de um quadro humano. Neste caso, o público alvo são crianças e adolescentes entre 5 e 16 anos. Apenas 20 vagas serão ofertadas.

Performance

A terceira e última oficina será com Clarice Lima, de São Paulo, apresentado o workshop “Árvores”. A ideia é criar uma discussão com artistas locais com o objetivo de prepará-los para realizar a performance bem como discutir a proposta e práticas de dança em espaços não convencionais. A performance cria paisagens temporárias na cidade que se tornam mais efetivas a partir do contato com os seus habitantes.
Os interessados em participar dos eventos, podem se inscrever de duas formas: pelo email tita.movase@gmail.com juntamente com currículo e telefone de contato, ou diretamente no Casarão de Ideias, localizado na rua Monsenhor Coutinho, 275, Centro. Para mais informações: (92) 3633-4008.
Os selecionados serão avisados por meio de seus respectivos contatos. Vale ressaltar que todas as oficinas serão realizadas na Escola Superior de Artes e Turismo (UEA), localizado na avenida Leonardo Malcher, S/Nº, Centro, a partir do dia 27 de junho.

Festival

O Mova-se é uma realização da Companhia de Ideias e conta com o patrocínio da Funarte, BNDES, Caixa Econômica Federal e SEC e apoio do Casarão de Ideias e ManausCult.

Oficinas artísticas no MOVA-SE

Oficinas artísticas no MOVA-SE

Leia também:

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *