Poemas Quentes marca a estreia do poeta e bailarino Eduardo Macedo | Casarão de Ideias
Pages Navigation Menu

Poemas Quentes marca a estreia do poeta e bailarino Eduardo Macedo

Poemas Quentes marca a estreia do poeta e bailarino Eduardo Macedo

Há muito tempo, o bailarino Eduardo Macedo escreve poemas, desde a adolescência quando estudava no Colégio Militar de Manaus. Os anos se passaram, ele foi morar em Curitiba e depois retornou para a sua cidade natal: o Rio de Janeiro. E nesta cidade, onde vive até hoje, resolveu organizar o que escrevia. Foi quando se deparou com obras com temas variados, mas, entre os seus escritos, um assunto ganhou destaque maior: o sexo.  Nesta segunda-feira, dia 29 de janeiro, o poeta apresenta alguns desses registros no livro “Poemas Quentes” (Editora Personal), às 20h, no Casarão de Ideias (rua Monsenhor Coutinho, 275, Centro), levando aos leitores uma obra que se refere ao desejo sexual.

Poemas Quentes - Eduardo Macedo

Poemas Quentes – Eduardo Macedo

O livro traz uma visão que vai do desejo de homem para mulher, de mulher para homem, de homem para homem e de mulher para mulher. É um registro sobre a diversidade sexual em forma de poesia.

“Acredito que esta temática mexe com os sentidos das pessoas. Quando o sexo e os desejos sacanas estão inseridos no contexto poético, sentimos um estranhamento, pois o poema geralmente nos remete ao formalismo das palavras, o que contrasta com a erotização e a pornografia, o que eu acho ótimo”, disse o artista, que é frequentador do “Corujão de Poesia”, principal sarau que acontece no Rio de Janeiro e também participa como performer no “Poesia no Cinema é Joia”, um badalado sarau que acontece dentro do Cine Joia em Copacabana. Sua performance erótica “O Príapo e a Preta” foi muito elogiada pelos artistas deste sarau.

No decorrer do desenvolvimento do trabalho, lembranças da infância de Macedo vieram à tona e então apareceram os delírios sexuais, como a atração pela professora, as brincadeiras que envolviam esconderijos e o sexo casual entre dois garotos se descobrindo. Segundo ele, relembrar esses momentos foi bom, talvez a melhor parte do processo.

“Quando resolvi escrever sobre sexo, vieram muitas coisas ao mesmo tempo na minha cabeça, e sem eu programar, as lembranças da minha infância, de quando eu estudava no Colégio Militar de Manaus, de quando morava na vila militar e frequentava o ASA (clube) e mais tarde o Círculo Militar. É interessante perceber como a sexualidade está presente no mundo infantil”, declarou o poeta.

Poemas Quentes - Eduardo Macedo

Poemas Quentes – Eduardo Macedo

Em “Poemas Quentes”, o autor quis também fazer uma pequena homenagem às musas da pornochanchada e dessa vontade nasceu um curto poema dedicado à Matilde Mastrangi. “Aproveitando o embalo nas minhas lembranças, quis homenagear uma das musas da pornochanchada, pois desde pequeno assisto a esses filmes, desde quando passava na TV com o nome de ‘Sala Especial’. Lembro que ver um seio na televisão era fortíssimo. Por isso minha homenagem a uma das musas, Matilde Mastrangi”.

Nem todas as poesias são viscerais. Algumas são mais ingênuas, como o próprio criador explicou: “Procurei fazer poemas eróticos, onde as coisas são insinuadas e pornopoemas, onde descrevo como acontece de fato o ato”, disse o autor. Para ele, deste trabalho, a sua poesia favorita é “Massagem”. “É a que fecha o livro. Gosto mais dela porque mostra o grande prazer que é ser massageado pela pessoa que se ama”.

Macedo também atua como bailarino e para ele é um prazer se dividir entre esses dois ramos da arte. “Criar versos é como criar movimentos. Não tenho dificuldade em seguir as duas coisas, pois estou começando a escrever agora e acredito que só vou fazer outros livros quando estiver pronto no meu tempo”, informou o performer.

No dia do lançamento de “Poemas Quentes” haverá um sarau, em que as pessoas poderão ler poemas do livro e, se quiserem, poderão recitar poemas próprios ou de poetas consagrados, preferencialmente sobre temas eróticos.

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Serviço

O que é

Lançamento do livro “Poemas Quentes”, de Eduardo Macedo

Quando

Dia 29 de janeiro, às 20h

Onde

Casarão de Ideias, localizado na rua Monsenhor Coutinho, 275, Centro

Quanto

Entrada franca

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Destaque

A capa do livro tem causado dúvidas sobre o que representa. Para alguns é uma pequena árvore, para outros uma bonequinha, mas na realidade é uma “selfie” de Eduardo Macedo em que ele dá um selinho em si mesmo.  O livro foi lançado dia nove de dezembro na Blooks Livraria, em Botafogo, no Rio de Janeiro. Na ocasião foi realizado um sarau em que as pessoas leram os poemas do livro.

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Sobre o autor

Eduardo Macedo é bailarino, coreógrafo e poeta.  Iniciou a sua carreira em Manaus em 1994 no Grupo Espaço de Dança do Amazonas (Gedam), com Conceição Souza, num curso de férias no Teatro Américo Alvarez. Dançou no grupo de Dança do SESC de Jorge Keneddy e nos espetáculos de final de ano de José Rezende. Foi ator do grupo Metamorfose, de Socorro Andrade.

Em 1996, ele mudou-se para Curitiba para estudar Dança na Faculdade de Artes do Paraná. Por lá também foi diretor do departamento Cultural da Casa do Estudante Universitário, onde na sua gestão dirigiu e coreografou “Bastidores de uma Casa”, um espetáculo de dança, no teatro da Reitoria da Universidade Federal do Paraná.

No Rio de Janeiro desde 2002, ele fez aula de dança com Armando Nesi, Rosália Verlangiere e Isolina Rabello, discípulos da grande mestra russa Eugênia Feodorova. É professor de Ballet Clássico no Ballet Sandra Castro em Copacabana. Dirigiu e coreografou o espetáculo “O Baile do Rei Sol” no teatro Cacilda Becker.

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Ficha técnica do livro

Título: “Poemas Quentes”

Autor: Eduardo Macedo

Editora: Personal

Páginas: 60

Preço: R$ 20

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Informações à imprensa

Rafael Seixas (92) 98156-8906 – (assessor de imprensa)

Eduardo Macedo (2)

Leia também:

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *