Pages Navigation Menu

Porto Velho recebe segunda edição do Mova-se

Porto Velho recebe segunda edição do Mova-se

A segunda edição do ‘Mova-se Festival de Dança: Solos, Duos e Trios’ em Porto Velho acontece no próximo dia 26 e segue até dia 29 de agosto, no Teatro Estadual ‘Palácio das Artes Rondônia’ (Av. Pres. Dutra, 4183 – Olaria), sempre a partir das 17h e em duas praças públicas: Aluízio Ferreira e Das Três Caixas D’Água. O evento é realizado pelo Casarão de Idéias (AM) com entrada gratuita.

Segundo o diretor geral do Mova-se, João Fernandes, a primeira edição em Porto Velho recebeu mais de 2500 expectadores e para 2016 a expectativa de público será maior. “Para este ano aumentamos o numero de espetáculos. Vamos levar a dança para duas praças públicas para que possamos dar mais visibilidade ao evento”, explica.

Durante todo Festival ainda haverão oficinas variadas, além de exposição fotográfica voltada para a temática da dança contemporânea.

O Mova-se Porto Velho começa na sexta-feira (26) com o espetáculo mineiro “Ressonâncias” do repertório da Quik Cia de Dança em duas das principais praças da capital rondoniense, a partir das 17 horas, Praça Aluízio Ferreira e com reapresentação no sábado (27), na Praça das Três Caixas D’Água no mesmo horário.

“Ressonâncias” é uma montagem construída com base no improviso e na composição de cena com a plateia. Música, dança, espaço, arquitetura e o público formam encenações distintas que resultam em espetáculos inéditos a cada apresentação.

Quik Cia de Dança foi fundada em 2000, pelos bailarinos Rodrigo Quik e Letícia Carneiro e reconhecido atualmente como um dos mais importantes grupos coreográficos de Minas Gerias, a Quik Cia de Dança propõe uma reflexão a respeito do cenário vivo de cada local de apresentação, convidando a plateia a participar e a expor seu olhar sobre a produção e revelar seus imaginários.

Vários lugares

No Espaço Cultural Tapiri – O Imaginário a estreia do Mova-se começa no dia 26 (sexta-feira) com o espetáculo ‘Intérpretes em Crise’, a partir das 18h30, com reapresentação no sábado (27) no mesmo o horário. O espetáculo questiona o lugar do intérprete na contemporaneidade, problematiza a formação e, também, chora as condições dadas para a criação e difusão de um espetáculo de dança contemporânea.

A peça passeia pela nossa memória de dança resgatando e projetando tempos que vivemos ou gostaríamos de ter vivido para falar dessa crise do fazer da dança, dessa vontade louca de dançar, do amor à dança e também de outros clichês do comportamento humano e muitos outros questionamentos.

Já às 20h, no palco do Teatro Estadual ‘Palácio das Artes Rondônia’ acontece o espetáculo “So you really think you can dance”, da coreógrafa e pesquisadora Marila Velloso, que traz o questionamento sobre o saber ‘dançar’ e ‘contemporaneidade’

Em cena, quatro bailarinos fisicamente diferentes se propõem a uma investigação profunda do próprio corpo. Nessas diferenças, a sexualidade e a “tensão sexual” aparecem no trabalho e propõem reflexão sobre o corpo na contemporaneidade: o corpo a mostra, os clichês, os realities shows.

A discussão sobre o que é dançar bem hoje em dia, sobre o que é necessário para se saber dançar, sobre conhecimentos específicos entre distintas técnicas de dança – fazem parte dos dados exercitados nessa coreografia.

Músicas do Rei em movimentos

Os dois últimos dias do Mova-se em Porto Velho, sábado (28) e domingo (29), terá a interpretação da montagem carioca “As canções que você dançou pra mim”, da Cia Focus, que traz trechos de canções consagradas do rei Roberto Carlos, todas na versão original. “Detalhes”, “Outra vez”, “Desabafo”, “Cama e mesa” são alguns dos clássicos que fazem parte do repertório.

A Cia Focus juntou neste espetáculo as letras clássicas com a coreografia, e uma carga de emoção. São quatro casais fazendo as interpretações. Tem a mulher, a amante, o apaixonado, o abandonado. O ponto alto do espetáculo é quando um dos casais se beija sem desgrudar a boca por cinco minutos e sem parar de dançar.

“As canções que você dançou pra mim” têm uma produção primorosa. Até os figurinos foram pensados. Eles têm tons de azul, cor preferida de Roberto Carlos, e fazem alusão aos modelos da época da Jovem Guarda, com toques contemporâneos. O espetáculo já rodou diversas capitais do país, além de ter passado por Portugal e Estados Unidos.

Sobre o Mova-se

O festival será realizado de 26 de agosto a 08 de setembro na cidade de Manaus, com programação no Teatro Amazonas, Teatro da Instalação e em outros espaços públicos da capital amazonense, sempre com entrada franca. E mais duas capitais da Região Norte, Porto Velho e Belém.

O Mova-se Festival de Dança: Solos, Duos e Trios está em sua sétima edição e é realizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Banco da Amazônia, O Boticário na Dança, Fundação Nacional de Artes (Funarte) através do Prêmio Klauss Viana e o apoio do Governo do Estado de Rondônia por meio da Fundação Palácios das Artes de Rondônia (Funpar) e é uma realização do Casarão de Idéias, Cia de Idéias e Ministério da Cultura (MinC).

Confira a programação:

Programação

Programação

Mais informações por meio dos números (92) 3633-4008 .

Leia também:

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *