Sob a Pata do Boi

0
144

Por Patrícia Arantes

Sob a Pata do Boi é uma produção dirigida por Marcio Isensee e Sá, que mostra as consequências da exploração ambiental na Amazônia, causada pela pecuária. O documentário, lançado em 2018, é resultado de dois anos de investigação, realizada pelo site de jornalismo ambiental ((o))eco e pelo Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia).
Com 49 minutos de exibição, o filme de média metragem conta como a atividade pecuarista cresceu desde 1970 na região amazônica, que hoje tem 85 milhões de bois. Desde o avanço da prática, um território equivalente ao tamanho da França foi devastado, dando lugar a uma zona de pastagem.

A película retrata a influência do governo no crescimento da atividade, que incentivou a ida de fazendeiros de todas as regiões do Brasil ao local. Com a evolução da pecuária no Estado, muitos políticos começaram a defender a atividade, dando espaço para mais desmatamento, que começou a ficar desenfreado, passando dos limites da legalidade e destruindo a floresta Amazônica.

O documentário exibe, ainda, como a situação começou a se reverter em 2009, quando o Ministério Público ordenou que os frigoríficos locais monitorassem as fazendas distribuidoras de gado e não comprassem das que realizavam desmatamento ilegal.

Sob a Pata do Boi foi desenvolvido a partir de reportagens

A produção foi criada com base em um projeto de jornalismo investigativo de dois anos. As reportagens que inspiraram o documentário são: “O procurador que laçou o desmatamento”, “Guerra e paz por trás de um bife”, “Os portões do desmatamento”, “Boi clandestino não morre de velho”, “O drible do gado: a parte invisível da cadeia da pecuária” e “Origem desconhecida”. Todas as matérias estão disponíveis no site oficial do filme.

Documentário repercute em festivais

A obra já está ganhando espaço em vários países. Em abril, recebeu o prêmio One Hour, no Festival FreDD – Film, Recherche, Développment Durable, em Toulouse, na França.

Sob a Pata do Boi já participou de outros festivais na Holanda, Inglaterra e Eslováquia e Hungria. Em setembro, irá para o Green Screen Festival, na Alemanha.

Sob a Pata do Boi
Sob a Pata do Boi

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here