Cine Casarão é a sala de cinema que mais exibiu filmes brasileiros na Região Norte

0
245

Com menos de um ano em funcionamento o Cine Casarão (rua Barroso, 279, Centro) pode comemorar resultados positivos de sua programação. A sala está entre as que mais exibem filmes brasileiros. A informação é está disponível no Observatório Brasileiro de Cinema e Audiovisual da Agência Nacional do Cinema no Brasil (Ancine).

Cine Casarão é a sala de cinema que mais exibiu filmes brasileiros na Região Norte / Foto : Divulgação
Cine Casarão é a sala de cinema que mais exibiu filmes brasileiros na Região Norte / Foto : Divulgação

Ao todo, o Cine Casarão exibiu nove títulos brasileiros, o que o deixou a sala em primeiro lugar na Região Norte, ficando à frente inclusive de grupos grandes como, o Cinepólis, de Belém (PA), que exibiu apenas cinco títulos nacionais.

Outra boa notícia, é que o Cine Casarão ficou entre as cinco salas em território nacional, ficando à frente inclusive de salas das capitais Rio de Janeiro, quatro filmes em uma única sala e São Paulo com cinco longas, em uma única sala.

Cine Casarão é a sala de cinema que mais exibiu filmes brasileiros na Região Norte / Foto : Divulgação
Cine Casarão é a sala de cinema que mais exibiu filmes brasileiros na Região Norte / Foto : Divulgação

“Divinas Divas”, “Ninguém Está Olhando”, “Era o Hotel Cambridge”, “Jonas e o Circo Sem Lona” foram alguns dos títulos exibidos e que fazem parte do racking que é monitorado e que foram exibidos durante as sessões no centro da cidade.

De acordo com João Fernandes, diretor do Casarão de Idéias, o Cine Casarão foi pensado para que a sétima arte produzida aqui no Brasil, fosse bastante difundida em Manaus e que os cinéfilos pudessem absorver esse tipo de produção.

“O Cine Clube vem nesse sentido, pensar a difusão do cinema nacional e como isso reverbera nossas potencialidades. Para nós, é uma grata surpresa estar entre os primeiros exibidores do cinema nacional. O Cine Casarão nasceu com esse pensamento”, afirma o diretor comemorando a colocação entre o primeiro da Região Norte. “Com tão pouco tempo, já percebemos o grande diferencial que estamos possibilitando no país. Nossa tela será sempre esse lugar”, conclui João Fernandes.

Cine Casarão é a sala de cinema que mais exibiu filmes brasileiros na Região Norte / Foto : Divulgação
Cine Casarão é a sala de cinema que mais exibiu filmes brasileiros na Região Norte / Foto : Divulgação

Continuação

Ainda é possível assistir essa semana outro brasileiro no Cine Casarão, “A Luta do Século”, que fala do confronto dos lutadores de boxes Reginaldo “Holyfield” e Luciano “Todo Duro” que são grandes rivais no ringue e na também na vida real. Já que eles chegaram a se confrontar por varias vezes, inclusive em entrevistas.

Mais viva do que nunca, essa rivalidade estão no documentário “A Luta do Século”, que estreou recentemente no Cine Casarão Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

O filme foi vencedor do Festival do Rio de Janeiro em 2016. O documentário narra a trajetória dos pugilistas Reginaldo Holyfield e Luciano Todo Duro, que encontraram no boxe uma maneira de escapar da miséria e tornaram-se dois dos maiores ídolos do esporte nordestino. A rivalidade entre eles colocou em pé de guerra Bahia e Pernambuco nos anos 90.

Durante mais de 20 anos, os dois se odiaram tanto que não podiam dividir o mesmo espaço sem se agredir. Eles se enfrentaram seis vezes, com três vitórias para cada lado. Durante as filmagens, os inimigos, já com mais de 50 anos, resolveram se enfrentar pela última vez. “Fica esperto, e não fica no meio, senão você pode acabar perdendo uns dentes”, avisa Todo Duro em uma entrevista.

A Luta do Século / Foto : Reprodução
A Luta do Século / Foto : Reprodução

PARA A IMPRENSA

PARA VER O COMPARATIVO ACESSE: https://oca.ancine.gov.br/painel-interativo
JOÃO FERNANDES, DIRETOR CASARÃO DE IDEIAS, 92 98116-7098
FABRICIO NUNES, ASSESSORIA DE IMPRENSA, 92 98194-0313

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here